quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Mais Médicos: O drama dos municipios

O estado do Amazonas é o que mais tem sofrido com o esvaziamento do programa "Mais Médicos" desde que Cuba rompeu o acordo com o Brasil.
Mais de 95% das vagas do Programa"Mais Médicos" ainda não foram ocupadas nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) daquele estado, segundo o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (COSEMS-AM). Ao todo foram ofertadas 92 vagas, e 87 médicos fizeram adesão. No entanto, até esta terça-feira (8), apenas quatro se apresentaram para trabalhar nos DSEIs. Nos municípios do Estado, apenas 40% dos médicos inscritos se apresentaram.

Nenhum comentário:

Bolsonaro cumpre promessa de campanha e libera posse de armas

Presidente Jair Bolsonaro acaba de assinar o decreto que flexibiliza o estatuto do desarmamento permitindo que o cidadão possa comprar ar...