quarta-feira, 1 de agosto de 2018

PPS fecha com a chapa do governador do PSL de Bolsonaro, mas vai de Waldez

Allan Sales, presidente do PPS e Jorge Amanajás, candidato ao Senado
Em nome de uma coligação que possa oferecer chances de eleger deputados federais o PPS se juntou ao PSL, PR, Patriota e PHS. A coligação fechou também que o candidato ao governo será Cirilo (PSL) e para o senador Jorge Amanajás (PPS) e
Ricardo Santos, pré-candidato
ao Senado pelo PSL
Ricardo Santos (PSL), sendo que há um pequeno detalhe: Jorge Amanajás e o PPS vão com Waldez para o governo. Ainda a pouco três dos cinco partidos fizeram convenção conjunta, PPS, PR, PHS. Na sexta feira será a vez de Patriota e PSL realizarem a convenção conjunta.

Nenhum comentário:

Os vizinhos

Dom Pedro José Conti -  Bispo de Macapá Conta Madre Teresa de Calcutá: “Certa noite, um senhor veio na nossa casa para pedir comida p...