terça-feira, 17 de abril de 2018

TSE mantém cassação de Marcelo Miranda mas ele permanece como governador do Tocantins

Mantida a cassação de Marcelo Miranda (MDB) governador do Tocantins e de sua vice Claudia Lelis (PV). O julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi hoje, 17. Os ministros decidiram negar os embargos de Miranda e conceder em parte o da defesa de Cláudia Lelis, apenas para corrigir a informação sobre seu partido na decisão da Corte. O motivo da cassação foi arrecadação ilícita de recursos na campanha de 2014 para o governo do Tocantins.
Mesmo com a decisão contrária, Miranda permanecerá no cargo temporariamente, amparado por uma liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes do último dia 6.

Novas eleições
O TRE-TO poderá retomar os preparativos para novas eleições, de forma indireta, para a escolha do novo governador.
A partir da publicação do acórdão, Marcelo Miranda vai deixar o cargo e o presidente da Assembleia deve assumir. Só que pela lei eleitoral ele ficaria inelegível. Portanto, é provável que o presidente do Tribunal de Justiça- TO assuma o governo, temporariamente.

Nenhum comentário:

Os vizinhos

Dom Pedro José Conti -  Bispo de Macapá Conta Madre Teresa de Calcutá: “Certa noite, um senhor veio na nossa casa para pedir comida p...