quinta-feira, 26 de abril de 2018

Roseli Matos vai presidir a CPI das mineradoras

A CPI foi criada para investigar a atuação da Anglo, da Zamin e das subsidiárias na exploração mineral no Amapá. Segundo Roseli Matos, também serão investigados os passivos cíveis, trabalhistas e ambientais dessas empresas, além da responsabilidade sobre o desmoronamento do porto de embarque de minérios, no município de Santana, ocorrido em março de 2013.
A escolha dos cargos aconteceu em comum acordo com todos os integrantes da comissão. A vice-presidente é a deputada Maria Góes (PDT). A relatoria ficou com o deputado Jory Oeiras (PSDC). Oliveira Santos (PRB) e Cristina Almeida (PSB) integram à comissão como membros. 

Nenhum comentário:

Wagner Gomes questiona pesquisa CTB

"A pesquisa feita pela Mentor, a mando da CTB, me pareceu bastante estranha e contemporânea", me disse o advogado Wagner Gomes, ...