sexta-feira, 27 de abril de 2018

Projeto que tira recursos do Amapá é aprovado pelo Congresso.

O Congresso Nacional aprovou projeto que abre crédito suplementar de R$ 3 bilhões em favor de diversos órgãos do Executivo. Os R$ 3 bilhões vêm da anulação de dotações orçamentárias e de emendas de comissão e de bancadas estaduais de execução não obrigatória. 
O senador Randolfe Rodrigues votou contra o corte nas emendas de bancada que foram aprovadas pelo Congresso Nacional no ano passado para serem executadas em 2018. O Amapá vai deixar de receber cerca de R$ 49 milhões dessas emendas.
“O projeto tem a cara de Michel Temer, que fez a pobreza voltar a crescer. Esse texto retira R$ 15 milhões da saúde do Amapá” disse Randolfe.  
O corte também atinge áreas sensíveis e que precisam de investimentos urgentes como o desenvolvimento da agropecuária sustentável, dos setores pesqueiro e aquícola, projetos de estruturação turística de Oiapoque e vários outros setores que perderam os recursos das emendas de bancada.

Nenhum comentário:

Wagner Gomes questiona pesquisa CTB

"A pesquisa feita pela Mentor, a mando da CTB, me pareceu bastante estranha e contemporânea", me disse o advogado Wagner Gomes, ...