quinta-feira, 5 de abril de 2018

Justiça federal libera Cooperativa dos Garimpeiros para exploração do ouro no Lourenço

 A decisão é do juiz Anselmo Gonçalves da 1a. vara, respondendo pela subseção de Oiapoque. Ele  liberou a atividade econômica da Cooperativa dos Garimpeiros do Lourenço e todos os bens materiais e financeiros que haviam sido apreendidos dos que foram presos na Operação Minata. A decisão não prejudica as investigações. Ao que se entende o juiz não viu a necessidade de manter as pessoas presas, nem seus bens, embora a maioria dos presos que foram liberados, por exemplo, não poderão se ausentar do estado sem a devida autorização da justiça.

Nenhum comentário:

Wagner Gomes questiona pesquisa CTB

"A pesquisa feita pela Mentor, a mando da CTB, me pareceu bastante estranha e contemporânea", me disse o advogado Wagner Gomes, ...