sexta-feira, 13 de abril de 2018

Fátima Pelaes confirma pré-candidatura ao Senado federal pelo Amapá

Mariléia Maciel

Em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 13, a presidente nacional do MDB Mulher e membro da Executiva do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), Fátima Pelaes, confirmou a pé-candidatura ao senado pelo Amapá. A declaraçãoé firmada a partir da decisão da reunião da Executiva Nacional do partido, em 3 de abril, quandopor unanimidade, acordaram que o Diretório Estadual do Amapá deve registrar sua candidatura ao Senado nas próximas eleições, independente do partido ter outro candidato ao mesmo cargo.

A decisão de registro da candidatura foi da executiva do partido, no qual milito há muitos anos e o representei na Câmara Federal.Minha candidatura não inviabiliza outra, o eleitor pode votar para dois senadores. Acredito na possibilidade real de transformar a vida das pessoas, e os amapaenses e brasileiros em geral sabem de minha determinação no trabalho e na vida. Tenho confiança que serei a primeira mulher eleita senadora pelo Amapá”, declarou a pré-candidata.

Fátima Pelaes é socióloga e desde a década de 80 atua nas questões sociais e em defesa dos direitos e da vida. Presidiu a antiga Legião Brasileira de Assistência (LBA), foi secretária de Turismo do Governo do Estado, exerceu o cargo de deputada federal por cinco mandatos, candidata ao Governo do Estado, e nos últimos dois anos esteve à frente da Secretaria Nacional de Mulheres, ligada ao Ministério da Justiça. Entre suas atuações de mais destaque, a relatoria da Lei Orgânica da Assistência Social, a lei que garante assistência para gestantes e mães que estejam encarceradas, e a da licença-maternidade para mães adotivas.

Tenho uma experiência marcante em Brasília nos anos que estive deputada e na Secretaria de Mulheres, e conheço o Amapá tanto geograficamente como nosso povo, e hoje tenho uma visão bastante ampla sobre o que podemos melhorar. Somos um estado rico em recursos naturais e precisamos transformar essa riqueza em desenvolvimento, trabalho e qualidade de vida, e por isso tenho certeza que minha candidatura é uma alternativa para o Amapá, que terá a primeira senadora eleita, finalizou.

Nenhum comentário:

Wagner Gomes questiona pesquisa CTB

"A pesquisa feita pela Mentor, a mando da CTB, me pareceu bastante estranha e contemporânea", me disse o advogado Wagner Gomes, ...