quarta-feira, 25 de abril de 2018

PF pede transferência do ex-presidente para outro local

Custo elevado obriga a Polícia Federal (PF) a pedir a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da Superintendência de Curitiba para outro lugar. Outra justificativa para o pedido é de que o custo Lula na prisão é muito alto. As previsões são de gastos da ordem de R$ 300 mil por mês.
A direção da Policia Federal, no Paraná, também reclama da interferência na prestação de serviços e diz que a custódia é apenas provisória.
O ex-presidente está preso, desde o dia 7 de abril, em uma sala especial de 15 metros quadrados, no 4º andar do prédio da PF, com cama, mesa, TV e um banheiro de uso pessoal.
O próprio Sindicado dos Delegados da PF já havia solicitada a remoção de Lula da sede da corporação em Curitiba.
Sobre o pedido da PF, o MPF disse que vai esperar o prazo final para se manifestar.

MPF
Em outros pedidos, o Ministério Público Federal (MPF) manifestou-se contrário. A Prefeitura de Curitiba, o coletivo Advogadas e Advogados pela Democracia e os moradores do entorno da Polícia Federal já haviam pedido para mudarem o Lula de lá.

Os procuradores federais justificaram que “é difícil afirmar a existência de outro local no estado do Paraná que possa garantir o controle das autoridades federais sobre as condições de segurança física e moral do custodiado”.




Nenhum comentário:

Os vizinhos

Dom Pedro José Conti -  Bispo de Macapá Conta Madre Teresa de Calcutá: “Certa noite, um senhor veio na nossa casa para pedir comida p...