domingo, 18 de março de 2018

Novas esperanças: Fátima Pelaes visita a penitenciária feminina em Macapá e anuncia programa de asistência e qualificação.

Sávio Barros, Especial

A titular da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM),Fátima Pelaes, esteve ,este final de semana, no Instituto de Administração Penitenciária(IAPEN/AP) onde teve um encontro com a coordenadora da Promotoria de Execuções Penais, promotora de Justiça Socorro Pelaes, e Defensoria Pública. Em pauta, a situação das mulheres detentas   do sistema prisional do Estado .
No encontro, Fátima Pelaes estava acompanhada por uma missão do Depen(Departamento Penitenciário Nacional,vinculado ao Ministério Extraordinário da Segurança Pública)) formada por Suzana Almeida(coordenadora de Políticas para as Mulheres)e Derciane Mafra,(chefe da Divisão de Assistência Social)  .
Numa Roda de Conversa, 21 detentas expuseram os problemas que enfrentam e suas reivindicações. Pelaes, então, anunciou a implementação do programa Mulheres Livres, que visa dar assistência social, qualificar e criar oportunidades para as mulheres liberadas pela Justiça. Segundo Pelaes, é preciso que  essas mulheres  quando saírem da prisão   possam ter um amparo do Estado e contar com uma qualificação pra que não venham a praticar novo delito. “Queremos ainda juntar forças para dar uma melhor qualidade de vida  às que ainda cumprem pena para que elas possam sentir que ainda existe esperança.”

Comitê
Ficou acertado, segundo Fátima Pelaes, a criação de um comitê formado por todos os órgãos do Governo do Estado destinado a aprimorar os serviços prestados às detentas e implantar o programa Mulheres Livres- uma proposta do Brasil Mulher que esta sendo levado para todo o país. Pelaes acrescentou que dentre as principais reivindicações das detentas estão a implantação de uma unidade de saúde, a regularização e  criação de um melhor espaço  para as visitas dos familiares e a implementação do estudo através do ensino a distância. “Quando juntamos forças em ações conjuntas é possível ajudar”, concluiu a secretária.

Nenhum comentário:

Os vizinhos

Dom Pedro José Conti -  Bispo de Macapá Conta Madre Teresa de Calcutá: “Certa noite, um senhor veio na nossa casa para pedir comida p...