sexta-feira, 30 de março de 2018

Grupos de oração promovem a peregrinação da Via Sacra em Macapá

A peregrinação da via sacra organizado pelos grupos de oração da paróquia Nossa Senhora da Conceição, percorreu, nesta sexta feira, as ruas da capital, Macapá.
Neste ano de 2018, o cortejo saiu da Conceição e visitou as igrejas de Santo Antonio, Catedral de São Jose no centro, São Carmelo e Jesus de Nazaré, José Anchienta, no bairro Santa Rita e terminou na igreja dos capuchinhos, na avenida Fab. 
O exercício da Via Sacra consiste em que os fiéis percorram mentalmente a caminhada de Jesus a carregar a Cruz desde o pretório de Pilatos até o monte Calvário, meditando simultaneamente a Paixão do Senhor. Tal exercício, muito usual no tempo da Quaresma, teve origem na época das Cruzadas (séculos XI/XIII): os fiéis que então percorriam na Terra Santa os lugares sagrados da Paixão de Cristo, quiseram reproduzir no Ocidente a peregrinação feita ao longo da Via Dolorosa em Jerusalém. O número de estações ou etapas dessa caminhada foi sendo definido paulatinamente, chegando à forma atual, de quatorze estações, no século XVI. O Papa João Paulo II introduziu, em Roma, a mudança de certas cenas desse percurso não relatadas nos Evangelhos por outros quadros narrados pelos Evangelistas. A nova configuração ainda não se tornou geral. O exercício da Via Sacra tem sido muito recomendado pelos Sumos Pontífices, pois ocasiona frutuosa meditação da Paixão do Senhor Jesus.

Nenhum comentário:

Os vizinhos

Dom Pedro José Conti -  Bispo de Macapá Conta Madre Teresa de Calcutá: “Certa noite, um senhor veio na nossa casa para pedir comida p...