quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Homem que matou o maior velejador do mundo em Macapá é preso em Breves

Foi preso em Breves, no Marajó, um dos assassinos do velejador neozelandês Peter Blake. O crime ganhou repercussão internacional no ano de 2001 porque Blake era considerado o melhor velejador do mundo  e possuía o titulo de "Sir"concedido pela Rainha Elizabeth II, da Inglaterra. De acordo com informações da Polícia Militar de Breves, um dos assassinos de Peter Blake, identificado como José Irandir Colares Cardoso, estava foragido do Sistema Penitenciário do Amapá e foi abordado por policiais de Breves por estar em atitude suspeita na avenida Rio Branco. José Irandir portava um documento no nome do irmão dele, Sérgio Roberto Colares. Mas, após uma pesquisa, os policiais descobriram que ele era um dos assassinos do velejador. Ele foi condenado a 35 anos de prisão em 2002, junto com outras seis pessoas envolvidas no latrocínio. Quando foi assassinado, em frente a Fazendinha em Macapá, Peter Blake estava em expedição pelos rios da Amazônia onde colhia amostras de agua para avaliar o grau de poluição.

Nenhum comentário:

Wagner Gomes questiona pesquisa CTB

"A pesquisa feita pela Mentor, a mando da CTB, me pareceu bastante estranha e contemporânea", me disse o advogado Wagner Gomes, ...