domingo, 11 de junho de 2017

NOTAS QUENTES DA SEMANA

Sucessão 2018
Prefeito Ofirney Sadala, Santana-AP

A posse do prefeito Ofirney Sadala, de Santana, na presidência da Associação dos Municípios foi bastante concorrida. Governador Waldez, prefeitos e vereadores do interior e uma claque levada por Sadala lotaram o auditório do Sebrae, na última sexta. Sadala foi apoiado por Waldez Góes na disputa com Clécio Luis.



a



De cocheira 
Clécio Luis (REDE), prefeito de Macapá-AP
Gente ligadíssima ao grupo politico do prefeito Clécio Luis me disse que não está descartada a possibilidade do alcaide deixar a prefeitura para ser candidato a governador. A conjuntura, lá na frente, vai dizer. Quanto a Randolfe está certo que ele vai para a reeleição ao Senado, considerada liquida e certa para os seus correligionários.


UNIFAP 

As 200 vagas que a Universidade Federal do Amapá vai oferecer para o campus de Santana , a partir do segundo semestre, terá seleção baseada nas notas do Enem de 2015 e 2016. Mas os interessados terão que fazer previamente suas inscrições no site da instituição.

Lei do silêncio
As medidas que a Sejusp vem tomando para que bares e casas noturnas cumpram a lei que determina o horário de fechamento dos estabelecimentos ainda vão gerar muita discussão. No primeiro momento, ao menos as "raves"", estão rifadas. Embora a Polícia faça a repressão, é a prefeitura quem concede a licença para funcionamento. Só este ano mais 400 estabelecimentos já foram fechados por descumprirem a lei.

APA da Fazendinha
Aproveitando o mês de junho, repleto de eventos sobre o meio ambiente, seria bom que a SEMA desse uma fiscalizada na APA da Fazendinha. Aquela unidade de conservação que um dia já foi reserva biológica está sendo antropizada por construções irregulares. O Ministério Público já chamou a atenção do governo e até preparou uma Ação Civil Pública por causa das condizes da APA que, sequer, tem plano de manejo.


Nenhum comentário:

Os vizinhos

Dom Pedro José Conti -  Bispo de Macapá Conta Madre Teresa de Calcutá: “Certa noite, um senhor veio na nossa casa para pedir comida p...