segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Escárnio, não!

Olimpio Guarany

Essa semana foi tensa. A crise política fez o Brasil estremecer. A crise econômica  já se instalou. Nosso PIB caiu, no segundo trimestre, quase 2% em relação ao período anterior. O consumo das famílias diminuiu, os investimentos caíram cerca de 12% na comparação com os 12 meses anteriores. Todos os outros números foram piores, inclusive o desemprego.
Como se não bastasse o quadro econômico que afeta a grande maioria da população, especialmente a mais pobre, no meio da semana foi preso o líder do governo no Senado, Delcidio Amaral. Mais um elemento cai, dentro do “projeto criminoso de poder” (Ministro  Marco Aurélio). A teia de corrupção liderada pelo PT é tão grande que a operação Lava Jato chega a sua 21a. etapa surpreendendo ainda mais o país com a revelação do envolvimento de grandes figuras da república.
É certo que a prisão do senador petista gerou discussão no meio jurídico, mas isso pouco importa diante da enxurrada de lama que cobre o país, via vertedouro da política.
A ministra Carmem Lúcia, da segunda turma do STF, ao redigir o seu voto, cunhou uma frase que nos leva a reflexão. Disse ela: “Primeiro se acreditou que a esperança venceu o medo. Veio o mensalão e se viu que o cinismo venceu a esperança. E agora que o escárnio venceu o cinismo”. Posso imaginar o sentimento da ministra que, aliás, arrematou o seu voto dizendo: “Criminosos não passarão sobre o Supremo”.
Peço licença à ministra Carmen Lúcia para dizer que o Brasil não pode aceitar a vitória do escárnio. Esses inescrupulosos que compõem a rede criminosa que assaltou o país tem que pagar pelos crimes que cometeram. É preciso que os brasileiros de bem atendam ao seu clamor, ministra.
Em agosto deste ano, após uma palestra no Rio de Janeiro,  a Senhora disse: “Nós, brasileiros, precisamos assumir a ousadia que os canalhas tem”. E arrematou: “Essa ousadia não pode ser de pessoas que não cumprem as leis, que usam o espaço público para interesses particulares”.
Mas, é isso que ocorre no Brasil, hoje. E essa organização criminosa que saqueia o país funciona nos mesmos moldes daquela liderada pelo Marcola, do PCC, punindo quem rouba para se beneficiar em detrimento da "organização”.  Não é de ficar estupefato diante do que teria dito o ex-presidente Lula sobre Delcidio? Quer dizer que tem que saber roubar direitinho? Se for para organização, tudo bem? É lamentável. Eu esperava um pronunciamento, digamos, mais republicano de Lula.
Esses canalhas, no dizer da ministra Carmen; esses criminosos, no dizer do ministro Marco Aurélio não podem ficar impunes para zombar da nossa cara. É isso mesmo. Escárnio quer dizer: zombaria, desprezo, desdém.
Não, senhora ministra Carmen Lúcia Antunes Rocha, não podemos aceitar a vitória do escárnio!
_____________________________________________________________________

Olimpio Guarany é jornalista, economista, publicitário e professor universitário.

Nenhum comentário:

Bolsonaro cumpre promessa de campanha e libera posse de armas

Presidente Jair Bolsonaro acaba de assinar o decreto que flexibiliza o estatuto do desarmamento permitindo que o cidadão possa comprar ar...