segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Mito: Foi o Nordeste que elegeu Dilma



O jornal O Estado de São Paulo publicou uma análise sobre as eleições presidenciais
 e pontuou
alguns mitos do pleito. Entre outros o de que foi o Nordeste que elegeu Dilma.
O artigo mostra que em regiões do Centro-Sul, Dilma teve mais votos absolutos do
que em outras.
A matéria revela, também, que a petista não teve menos de 40% dos votos em nenhuma
das 5 regiões 
do Brasil

É claro que o desempenho de Dilma Rousseff (PT) no Nordeste foi crucial para sua vitória:
 a petista teve 20 milhões de votos no 2.º turno, equivalente a 72% do total de votos válidos na região. 
Mas a presidente reeleita obteve um apoio razoável em todas as cinco regiões. O menor percentual 
de votos válidos foi no Sul: o apoio de 41% dos eleitores que escolheram um candidato.

A impressão de que o Nordeste sozinho é o grande responsável pela reeleição de Dilma é fortalecida
 quando se vê o mapa eleitoral dos Estados pintados com a cor de quem teve o maior porcentual de 
votos ali. Nesse mapa, metade do Brasil aparece pintado de azul, como se esse território tivesse ido
 em direção totalmente oposta à outra metade, vermelha.

O deputado estadual eleito Coronel Telhada (PSDB-SP) chegou a defender a independência do Sul 
e do Sudeste por causa disso. Mas, na verdade, dos dez Estados em que Dilma obteve menor votação,
 apenas três estão nessas regiões: Santa Catarina, São Paulo e Paraná. Todos os outros estão no 
Norte ou no Centro-Oeste. 


(

Nenhum comentário:

Wagner Gomes questiona pesquisa CTB

"A pesquisa feita pela Mentor, a mando da CTB, me pareceu bastante estranha e contemporânea", me disse o advogado Wagner Gomes, ...