terça-feira, 24 de setembro de 2013

NOTAS DA COLUNA "OLIMPIO GUARANY ESCREVE", EM A GAZETA, HOJE.


Independência
Em reunião da Diretoria Executiva, na última quarta feira, o PTB/AP decidiu que é um partido independente,  que não tem acordo, nem fechou compromisso com qualquer outra agremiação ou candidato para formar coligação para as próximas eleições.

Independência II
Na hora de decidir com quem coligar, o PTB/AP vai avaliar a melhor forma de garantir os mandatos dos atuais deputados estaduais; viabilizar uma chapa para aumentar a bancada na Assembléia Legislativa e eleger, ao menos, um deputado federal bem como garantir vaga na chapa majoritária.

Livre
O presidente do PTB, ex-deputado Eduardo Seabra disse que o partido não está a reboque de ninguém. O secretário geral, Pedro Braga enfatizou que a decisão sobre que rumos o partido tomará em 2014 será colegiada, ou seja, será tomada pelos membros da Executiva estadual.

Sucessão estadual

Se o PPS nacional decidir por apoiar a candidatura de Eduardo Campos (PSB) a presidência da República, no Amapá o partido corre o risco de ter que se aliar ao PSB e apoiar a candidatura de Camilo Capiberiba à reeleição.  A pergunta é: Como ficaria Jorge Amanajás, principal nome do PPS e pré-candidato ao Governo do Estado?

Ficha limpa

Essa semana, em papo no  balcão no Norte das Aguas, um médico, pretenso candidato nas eleições de 2014 queria saber se a condenação pelo CRM - Conselho Regional de Medicina seria considerada decisão colegiada, resultando em inelegibilidade. Para alivio do médico condenado, o colunista apurou junto a um advogado especialista em direito eleitoral que ele seria ficha suja se tivesse sido impedido de exercer a profissão. Entendeu?

Na midia 

Festa na comunicação, nesse final de semana. Oficialmente inauguradas, a rádio Universitária que vinha operando em caráter experimental tendo Fernando Canto como diretor; e a nova estrutura da TV Equinócio (Record), canal 10 que já está operando com sistema xdcam, em HDTV. A emissora dá um salto em organização, instalações e recursos técnicos. O grupo que controla a TV Equinócio tem o privilégio de contar com a cabeça pensante e a expertise do empresário de maior sucesso no Amapá, Jaime Nunes.

Repercussão

A discussão sobre o futuro do hospital Metropolitano ainda rende nas rodas politicas, nas redes sociais e na imprensa em geral. O tema é palpitante, graças aos problemas pelos quais passa a saúde pública no Amapá. O médico e deputado Antonio Furlan (PTB) propôs na audiência pública da semana passada, além da retomada das obras, a instalação de um pronto socorro trauma-ortopédico, aproveitando a larga estrutura fisica do hospital.

Justificativa 

A preocupação do deputado Furlan se justifica pelas centenas de pacientes de trauma-ortopedia que a cada dia aumentam uma lista, sem que recebam o devido atendimento. Um dado assustador revela que a maioria desses pacientes que seriam atendidos no pronto socorro de trauma-ortopedia são consequência de acidentes de trânsito.

Alternativa
No contra ponto do que disse o prefeito Clécio Luis de que a prefeitura não teria como manter um pronto socorro, o deputado Furlan e o senador Randolfe Rodrigues convergem para um a idéia de uma administração compartilhada prefeitura-governo do estado.

Exemplo de gestão
Essa semana o Sebrae inaugurou o salão multi-uso. Um espaço com capacidade para cerca de 600 pessoas. Quando João Carlos Alvarenga, atual superintende, assumiu pela primeira vez um cargo de direção, em 1998, o Sebrae tinha um patrimônio de R$ 100 mil. Ao encerrar seu atual mandato, Alvarenga vai entrar a instituição com patrimônio de R$ 25 milhões. 

FRASE DA SEMANA:  

Nos não temos problema de garimpo ilegal. Quem tem problema são os franceses”, Desembargador Gilberto Pinheiro ao comentar o acordo Brasil-França sobre a fronteira. 

Nenhum comentário:

Wagner Gomes questiona pesquisa CTB

"A pesquisa feita pela Mentor, a mando da CTB, me pareceu bastante estranha e contemporânea", me disse o advogado Wagner Gomes, ...