sexta-feira, 5 de abril de 2013

Pleno do TRE mantém prefeito e vice de Ferreira Gomes afastados do cargo Recurso de Valdo Isacksson e Raimundo Rodrigues foi julgado na sessão de ontem (3) da Corte

Por quatro votos a zero, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) decidiu ontem (3) manter Valdo Isacksson e Raimundo Rodrigues fora dos cargos de prefeito e vice de Ferreira Gomes, respectivamente. O Agravo Regimental na Ação Cautelar que cassou o diploma dos candidatos foi julgado na 13ª sessão plenária da Corte. O juiz Cassius Clay pediu vista do processo e o julgamento do mérito da ação foi marcado para 17 de abril.
A cassação de Valdo e Raimundo foi determinada pela então juíza da 9ª Zona Eleitoral, Michelle Farias, no final de janeiro por compra de votos nas eleições de 2012. Os candidatos recorreram da decisão e respondiam à ação nos cargos. Entretanto, o juiz membro do pleno do TRE-AP, Ernesto Collares, em decisão monocrática decidiu que o segundo colocado nas eleições fosse diplomado e empossado como novo prefeito.
Em 15 de março o juiz da 9ª Zona Eleitoral, Luiz Carlos Kopes, diplomou Elcias Borges e Maria do Socorro da Costa como prefeito e vice-prefeita de Ferreira Gomes, os quais foram empossados pela Câmara de Vereadores em 18 de março.
Contudo, Valdo Isacksson e Raimundo Rodrigues entraram com o Agravo Regimental na Ação Cautelar, a fim de que o Tribunal reavaliasse a decisão que os tirou dos cargos.

Nenhum comentário:

Wagner Gomes questiona pesquisa CTB

"A pesquisa feita pela Mentor, a mando da CTB, me pareceu bastante estranha e contemporânea", me disse o advogado Wagner Gomes, ...