domingo, 19 de agosto de 2012

A experiência e a juventude


por Olimpio Guarany ( jornalista, publicitário e professor universitário)

A experiência e a juventude

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar - Diap - acaba de publicar o resultado da 19a. edição “Cabeças do Congresso Nacional”,  onde são indicados os 100 parlamentares - senadores e deputados - mais influentes naquelas casas. Desses, só dez formarão a elite da elite parlamentar brasileira.
Do Amapá se destacam, o senador José Sarney (PMDB) que exerce seu quinto mandato de  senador, considerado um dos politicos mais influentes da república, carregando consigo uma experiência de mais de 50 anos no exercicio de mandatos initerruptos e o senador Randolfe Rodrigues (PSOL), um dos mais jovens do país, cumprindo o segundo ano de seu primeiro mandato.

Experiência

Classificado como Formador de Opinião, José Sarney, ex-presidente da república, preenche os requisitos indispesáveis para ser definido como tal. É um parlamentar de grande respeitabilidade, credibilidade e prudência. Ao longo de sua vida dentro do Senado Federal sempre foi chamado para mediar conflitos e conduzir negociações politicas de alta relevância. Sua postura equilibrada e discrição na forma de agir, o colocam no seleto grupo dos parlamentares com credibilidade e confiança.
Sarney é daqueles que podemos chamar de lider de alta patente que trata de temas da mais alta relevância para o país  ao tempo em que evita se envolver ou se expor em questões menores do dia-a-dia. Ser chamado de Formador de Opinião nada mais é do que o reconhecimento de sua capacidade articulação, livre trânsito entre outras lideranças  e diversos segmentos representados no Congresso. Por ter uma visão abrangente e o fato de ser profundo conhecerdor dos problenas do país, sua opini!ão influcia fortemente a decisão dos demais pares.

Elite da elite

Sarney é reconhecido como lider de alta patente por ter seu nome indicado em todas as edições dos “100 maiores Cabeças do Congresso”. Mais do que isso, ao longo de todos esses anos, ele está sempre na lista dos 10 melhores parlamentares e dos mais influentes da república.

O novo

Randolfe Rodrigues (PSOL) desembarcou em Brasilia em janeiro de 2011 para assumir o seu primeiro mandato de senador apos ter sido eleito com a maior votação da história dos eleições no Amapá. O país não o conhecia, mas no Amapá ele já havia exercido dois mandatos de deputado estadual destacando-se pela grande capacidade em conduzir debates, especialmente sobre temas polemicos. Não foi preciso muito tempo para o senador mais jovem do país desfilar com desenvoltura entre seus pares, numa casa onde se instalam os cardeias da politica brasileira, geralmente homens experientes, calejados na politica, vindos de outros mandatos , tendo boa parte deles sido governadores de seus estados de origem.

Na elite

O Diap ainda não divulgou a lista dos 10 mais influentes “Cabeças do Congresso”, mas o jovem Randolfe Rodrigues já garantiu o seu lugar entre as lideranças, mesmo ainda engatinhando naquela chamada “casa de vehos”. Classificado como Debatedor, RR se destacou pela facilidade da oratória e perfil destemido, tipico de quem foi forjado nas lutas estudantis e nas trincheiras da esquerda combativa. Inlcuido ou não entre os 10, Randolfe fecha seu segundo ano de mandato “dizendo a que foi”, se é que se pode mudar a expressão “dizendo a que veio” para traduzir a atuação daqueles que, no minimo, lutam para honrar o mandato conferido pelo voto popular.

Nenhum comentário:

Últimas noticias sobre a pane no navio Ana Beatriz IV

Por volta das 10h da manhã de hoje partiu de Santana o navio Breno, da mesma empresa do Ana Beatriz IV que sofreu uma pane, ontem, à noi...